Skip to content

Assassino de ativista é condenado a prisão perpétua

22/09/2009

Um homem foi condenado a prisão perpétua nesta terça, 22, por ter estuprado e matado uma atleta lésbica. Eudy Simelane era jogadora do time Banyana Banyana e uma conhecida ativista LGBT.

Em abril de 2008, Simelane foi roubada e violentada por um grupo de homens. Themba Mvubu, 24 anos, confessou ter sido o autor dos golpes fatais. Ao ouvir a senteça, Mvubu disse: “Eu não me arrependo”.

Outro envolvido no crime foi condenado a 32 anos de prisão e outros dois foram absolvidos.

Fonte: Mix Brasil

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: