Skip to content

UNE lança nota de repúdio a ato homofóbico na UFV

05/11/2009

1167803024_dsc00383_copyFoto retirada da marcha de 2007

Na úlima sexta, 31, aconteceu a Marcha Nico Lopes, realizada pelo movimento estudantil da Universidade Federal de Viçosa – MG. Durante o ato, uma bandeira LGBT foi queimada pelos manifestantes. Em nota, a 1º diretora da União Nacional dos Estudantes – UNE, Rídina Motta lança suas críticas à violência.


A 1ª Diretoria LGBT da União Nacional dos Estudantes vem repudiar o ato de homofobia ocorrido na Marcha Nico Lopes, evento político cultural de tradição realizado na Universidade Federal de Viçosa – MG.

No último dia 31 de outubro de 2009, durante a Marcha Nico Lopes uma Bandeira do Orgulho LGBT foi queimada por estudantes que participavam da marcha após esta ter caído do trio do DCE – UFV onde estava amarrada. A Bandeira foi colocada lá por estudantes que participavam do bloco “Vitória grita contra a Homofobia: pode ser seu pai, sua mãe, sua tia”, que participava do espaço político que é a Marcha Nico Lopes para reafirmar o combate a homofobia e a pela diversidade sexual.

A queima da bandeira do orgulho LGBT por estudantes universitários simboliza quão distante estamos da sociedade igualitária, democrática e livre de opressões pela qual lutamos. Esta atitude reafirma o padrão constituído de heteronormatividade , fundador de uma sociedade arraigada em preconceitos, onde apenas o homem branco, cristão, adulto, heterossexual e de classe média constitui, determina e ocupa os espaços de poder político, econômico e religioso.

O Movimento Estudantil não pode reproduzir esses preconceitos, não pode aceitar que atitudes como a ocorrida em Viçosa – MG se repitam. A Marcha Nico Lopes sempre se pautou como espaço combativo de reivindicação política, usando a irreverência como forma de passar a mensagem dos e das estudantes onde todos e todas podem levantar sua bandeira e reivindicar suas pautas. A Marcha Nico Lopes não pode perder essa característica, deve permanecer, como nos anos anteriores, sendo referência de atuação para o conjunto do Movimento Estudantil. Infelizmente a comemoração dos 80 anos de lutas da marcha Nico Lopes foi manchada esse estúpido ato de homofobia. É imprescindível que o Movimento estudantil se mobilize para repudiar veementemente o acontecido na Marcha.

Lamentamos o acontecido e reiteramos que o debate político, o combate a toda forma de opressão e a Luta contra a Homofobia e pela Diversidade Sexual dentro e fora dos muros da Universidade deve se intensificar na UFV e em todas as outras Instituições de Ensino Superior do país. Afirmamos a necessidade de organizar os e as estudantes contra toda forma de opressão e violência homofóbica, repudiando tais atitudes e fortalecendo a luta pela diversidade sexual para assim iniciar a superação dos preconceitos existentes na sociedade.

Em tempo, nos solidarizamos com o Grupo “Primavera nos Dentes” coletivo universitário da Universidade Federal de Viçosa que já encampa fortes lutas contra a homofobia e deve se fortalecer ainda mais, para evitar que outros atos como esse se repitam

Rídina Motta
1ª Diretora LGBT da UNE
ridinalucia@hotmail.com

Nota do Blog:

Pensando alto… se até os poucos que chegam à universidade são e estão assim, reproduzindo atos  homofóbicos, quem dirá aqueles desprovidos de educação formal. Onde vai parar a formação universitária do Brasil, como podemos parar com as violências homofóbicas?

Urgentemente, precisamos de uma reforma agrária, de uma reforma política, de uma reforma universitária e, sobretudo, de uma reforma humanitária para percebermos que este país é de todas e todos, inclusive dos heterossexuais.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: