Skip to content

Justiça manda plano de saúde incluir companheiro gay

13/01/2010

PRISCILA TRINDADE – Agencia Estado

//

SÃO PAULO – A empresa Omnit Serviços de Saúde Ltda terá que incluir nos planos de saúde que comercializa os nomes dos companheiros homossexuais dependentes do titular. A empresa tem o prazo de 60 dias para cumprir a determinação da Justiça Federal. Na decisão, a juíza da 20ª Vara Federal de São Paulo, Ritinha Stevenson, também determinou que a Agência Nacional de Saúde (ANS) fiscalize o plano para que a liminar seja cumprida no prazo estipulado.

Na liminar proposta pelo Ministério Público Federal (MPF), a juíza determina que o dependente deve comprovar a união estável com o titular do plano. De acordo com o MPF, a Omint alegou que não incluía o companheiro do mesmo sexo como dependente por “falta de previsão legal”. A liminar foi proferida no dia 18 de dezembro de 2009, mas o MPF tomou ciência da decisão após o recesso forense, em janeiro.

fonte: site Estadao.com.br
Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: