Skip to content

Beijaço LGBT em Pernambuco trouxe debate sobre homofobia no estado

01/08/2011

 

Quem esteve no Bairro do Recife na tarde deste domingo (31) pode presenciar dois atos públicos legítimos e necessários. Um em defesa do próprio bairro e outro contra a homofobia e o machismo. O segundo, que aconteceu na Praça do Arsenal, tinha como objetivo principal o combate ao preconceito e a defesa da livre manifestação de afeto por quem quer que seja, independente de orientação sexual.

Para chamar atenção para as bandeira que defendiam, os manifestantes do movimento LGBTT,além de confeccionarem faixas e cartazes, promoveram um Beijaço. Isto é, de tempos em tempos, e sob palavras de ordem, os que se sentiam à vontade começavam a se beijar,  todos ao mesmo tempo.

O estudante Thiago Gomes, uma das lideranças do Beijaço idealizado pela Assembléia Nacional dos Estudantes Livres (ANEL), garante que a importância do ato não está nele mesmo, mas nos debates que promove.

“Esclarecemos as mais diversas dúvidas sobre o PLC 122, Kit Anti-Homofobia nas escolas,a importância da Parada Gay para o fortalecimento do movimento, além de salientar sempre que possível os tristes dados que apontam o Brasil como o país em que mais se mata homossexuais no mundo”.

Segundo os organizadores, Pernambuco é um dos estados que mais mata e agride homossexuais no país, o que atribuem à falta de políticas públicas e a “polícia repressora”. No ano de 2010, foram mortos cerca de 260 gays no estado.

 

Fonte: Blog de Jamildo

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: