Skip to content

Homofóbico preso na Espanha planejava atentado contra gays

19/08/2011

 

Foi preso nesta quinta-feira (18), em Madri, na Espanha, um jovem ultracatólico que planejava um atentado contra manifestantes gays que pretendem fazer um beijaço na visita do Papa Bento XVI. O jovem detido se chama José Alvano Pérez Bautista, 24. Ao ser preso, Bautista declarou que a sua missão é “matar gays” que protestem contra a igreja.
“Esta é a minha luta, matar gays. Aberrações humanas, erro de Deus, criaturas abomináveis e asquerosas”, declarou o jovem ao jornal local “La Jornada”. A polícia espanhola chegou até Bautista através de mensagens deixada por ele em redes sociais.

Uma mensagem dizia que sua luta é “matar gays e qualquer aberração humana que realize protestos contra a igreja católica”. Em outra, o jovem afirma que trabalha numa “importante indústria farmacêutica” de Madrid e que tinha acessos a insumos perigosos para produzir bombas. Nas comunidades, o rapaz conclamava pessoas a se unirem a ele em sua “luta”.

José Alvano Pérez Bautista é natural do México e estudava na Espanha. A embaixada do México já foi acionada e garantiu assistência jurídica e psicológica.

 

 

Fonte: A Capa

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: